Bancada de porcelanato líquido: o que não pode fazer.

Se você vai fazer uma  bancada de porcelanato líquido, ou resolveu cuidar da sua cozinha/banheiro e reformar aquelas bancadas antigas?

Sendo essa a primeira vez ou não, que você vai trabalhar com a resina epóxi, saber alguns “macetes”pode ajudar a  evitar uma dor de cabeça no processo.

Para facilitar o seu trabalho, reunimos algumas dicas gerais sobre o que fazer e o que não fazer, e evitar esses pequenos erros, alcançando assim a bancada dos sonhos.

O Que Posso Fazer Na Bancada de Porcelanato Líquido

Bancada de Porcelanato Líquido

Planejar seu Projeto e fazer sua pesquisa! É primordial planejar todos os aspectos. Ser organizado acabará economizando tempo e poupando dor de cabeça.

Pesquise e mapeie a totalidade do projeto do início ao fim, desde medições de superfície, máscaras e ferramentas adequadas para o trabalho, até o próprio projeto de epóxi.

Planejando-o e sendo totalmente organizado, você terá tranquilidade para iniciar com segurança.

  • Tenha conhecimento de sua base de superfície: formica, madeira ou granito.
  • Certifique-se de preparar a superfície da forma adequada e determine se você precisa executar outras etapas antes de despejar o porcelanato líquido na bancada .

Pode haver a necessidade da aplicação de uma camada crua antes do despejo inicial.

Escove as vedações do revestimento no caso de uma superfície porosa para evitar que ela absorva qualquer epóxi e também evite a formação de bolhas de ar.

Proteja tudo! – a remoção ou recapeamento do epóxi pode ser um trabalho confuso. 

Ao redor da sua área de trabalho. Proteja o chão inteiro, seus armários embaixo, onde você estará misturando a resina e a parede traseira da bancada. 

Isso não apenas evitará que o epóxi caia em locais não planejados, como também facilitará a limpeza.

  • Faça a medição de tudo – faça as medições e a metragem quadrada adequada para toda a superfície, para você calcular a quantidade de resina que precisará. Sabe como você descobre a metragem quadrada de suas bancadas?

Tempo de Cura e Aplicação Teste para bancada de Porcelanato Líquido

Para fazer a bancada de porcelanato líquido, Tenha pleno conhecimento do tempo de cura da resina epóxi que você está utilizando. Há produtos que curam o suficiente para ter uma dureza utilizável dentro de 12 a 24 horas.

Mas é importante lembrar que são necessários 30 dias para curar sua durabilidade total. Nós sempre recomendamos “cuidar” de suas novas bancadas nas primeiras duas semanas. 

Cursos de Resina Epóxi

Conheça os 3 cursos de resina epóxi online mais vendidos do Brasil e veja que 1 deles não é pra qualquer um. Clique aqui para conferir.

Ou seja, não coloque objetos pesados que possam deixar impressões (como panelas de barro ou itens com ‘pés’ neles) ou tente testar a resistência a arranhões ou calor durante os primeiros 30 dias

  • Derrame uma pequena amostra primeiro. Isso é ótimo para melhorar sua técnica antes do grande derramamento e decidir quais detalhes de design funcionam irão funcionar melhor.

Se você ainda não tem certeza de se comprometer com um grande projeto ou trabalha pela primeira vez com epóxi, adquira conhecimento. Não teste para “ver no que dá” depois. O prejuízo pode ser grande.

Assim enquanto pratica, você poderá ver e rever diversas vezes até acertar a técnica correta da aplicação.

O Que Não Devo Fazer Na Bancadas de Porcelanato Líquido

  • Nunca acelere o processo de mistura – Essa é a etapa mais importante para garantir a cura adequada da bancada de porcelanato líquido.

    Apressar ou misturar indevidamente o epóxi na proporção pretendida é um erro comum que a maioria dos praticantes sem conhecimento técnico cometem.

Certifique-se de seguir as instruções na embalagem do produto para o tempo de mistura e a proporção do produto.

Se misturado incorretamente, pode resultar em pontos fracos ou áreas pegajosas que não curam.

Não subestime a cobertura do produto. Recomendamos que você encomende a quantidade certa para cada metro quadrado de sua superfície, pois o corte de cantos na quantidade do produto ficar mal-acabado, com rebarbas ou oleados.

Isso acontece quando o produto é muito fino em áreas sem produto suficiente. 

Isso permite que você não apenas tenha mais do que suficiente produto, mas também garanta que sua superfície seja totalmente e adequadamente coberto.

Erros Básicos na Aplicação da Bancada Porcelanato Líquido​

MEDO DE ESTRAGAR – Uma coisa que poucos sabem sobre o epóxi é que você é capaz de manipular o produto muito mais do que pensa.

Se você colocou sua primeira camada na bancada de porcelanato líquido e ela não saiu da maneira que queria (e claro, você ainda está no tempo de trabalho de 40 a 45 minutos), não se preocupe!

Manipule a camada, volte com uma escova e pontilhe-a ou despeje outra veia sobre ela para embaçá-la.

NÃO negligencie sua temperatura ambiente. Se a temperatura do seu espaço de trabalho exceder ou aumentar a temperatura adequada, 20 até 25 Cº ele poderá ter alguns efeitos infelizes.

Ambiente muito quente resultará em cura do produto muito mais rápido do que o previsto e diminuirá significativamente o seu tempo de trabalho. 

Muito frio e o produto não cura até sua dureza total.

NUNCA deixe produto em excesso no seu recipiente de mistura. Ao fazer isso, a quantidade excessiva de produto restante no recipiente irá piscar, borbulhar, aquecer, curar a uma taxa extremamente rápida e potencialmente quebrar. 

Depois que o produto estiver devidamente misturado, despeje-o na superfície imediatamente . 

Exageros Que Não Devem Ser Cometidos​

JAMAIS EXAGERE na superfície – Depois de despejar o produto para fazer a bancada de porcelanato líquido, você precisa espalhá-lo em movimentos suaves e uniformes.

Não concentre o produto em uma área nem a trate como pintura. Lembre-se de garantir que o produto esteja nivelado em toda a peça e deixe o epóxi fazer o trabalho.

Nunca exagere no maçarico – Embora estourar bolhas seja extremamente satisfatório, você pode incendiar sua superfície com potencial e causar queimaduras de epóxi ou infelizes marcas de tocha âmbar aparecendo após a cura.

Relaxe, não que nervoso! – Lidar com qualquer novo projeto de pode ser intimidador e pode deixá-lo um pouco nervoso antes de começar, especialmente se você nunca trabalhou com epóxi antes. 

Sempre recomendamos praticar antes de qualquer grande projeto. 

Pegue uma pequena placa de amostra, como uma placa piso, e despeje uma pequena quantidade, pratique seu design e trabalhe com o produto.

Isso lhe dará a confiança necessária para lidar com sua bancada e uma ideia melhor do design que você deseja. 

Caso queira saber ainda mais sobre resina epóxi, acesse nossos artigos no blog:

Seguir essas dicas ajudará tornar o seu projeto o mais tranquilo possível. Você tem alguma Dúvida? Entre contato através do nosso email contato@guiadaresinaepoxi.com.br.

3 comentários em “Bancada de porcelanato líquido: o que não pode fazer.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Esse site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.